Conheça os campos de atuação do cirurgião dentista
Pretende aumentar o seu portfólio de especialidades odontológicas, mas não sabe quais modalidades escolher? Veja este conteúdo e confira nossas sugestões.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Quem é formado em odontologia tem diversas especializações ao seu dispor. Esse é um fator positivo do curso, pois é possível escolher a área em que procura de pacientes é maior e que gera mais satisfação profissional. Entretanto, antes de tudo é necessário ter bastante foco para selecionar os melhores campos de atuação do cirurgião dentista para evitar descontentamentos.

Se você deseja dar uma guinada na sua vida profissional, este conteúdo foi feito para você. Nele, você conhecerá as especialidades que mais se encaixam no seu perfil e têm maior demanda no mercado.

Confira a seguir as atuações odontológicas que estão em alta no momento.

Cirurgia geral

É o nível básico da odontologia, ou seja, ao concluir o curso, já é possível cuidar da saúde bucal dos pacientes. Em suma, essa é uma profissão mais generalista, semelhante à clínica geral na medicina.

O cirurgião geral é responsável por tratar da dentição (assim como da língua, gengiva e bochechas), fazer limpeza, aplicar flúor, analisar radiografias simples e fazer cirurgias menos complexas. Essa é uma área que nunca está em baixa, pois os tratamentos básicos e as medidas de prevenção têm boa demanda.

Ortodontia

A ortodontia é uma área bastante procurada, tanto por pacientes quanto por dentistas. Isso significa que, aqueles que escolhem a área terão boas oportunidades na carreira.

O ortodontista é responsável por colocar e realizar a manutenção dos aparelhos ortodônticos. Além disso, esse profissional também trata maloclusões — irregularidades que dificultam o encaixe correto dos dentes, podendo causar problemas, como comprometimento da audição, dores de cabeça e até mesmo desconforto na coluna.

Sem contar que essa atividade vai além de colocar aparelhos. Também há atuações para prevenir deformações bucais e monitorar o desenvolvimento da arcada dentária e da mastigação.

Odontopediatria

Essa vertente cuida da dentição de bebês e crianças. Portanto, se você leva jeito com os pequenos essa especialidade foi feita para você, pois muitos adultos, em geral, têm medo de dentista por conta de traumas gerados na infância. Em razão disso, é necessário que o odontopediatra seja calmo e transmita tranquilidade aos pacientes mirins, para não causar estresse e desenvolver odontofobia.

Os tratamentos da odontopediatria incluem restauração de dentes com cárie, higienização dental, dicas para escovação e encaminhamento para o ortodontista (o que é um bom combo de atuação para quem deseja se especializar nessas duas áreas).

Endodontia

É responsável por cuidar de problemas na parte interna do dente (polpa dentária) e nas raízes da dentição. Logo, é tarefa desse profissional fazer tratamento de canal, assim como averiguar alterações que comprometem nervo e raiz dos dentes.

A endodontia é uma área de extrema relevância para a saúde geral das pessoas, pois ela inclui a prevenção de complicações cardíacas, cerebrais e musculares, já que os dentes com polpa contaminada podem afetar o organismo como um todo.

Periodontia

É um dos campos de atuação do cirurgião dentista que cuida de doenças gengivais. Esse especialista diagnostica, previne e trata das complicações que atingem esses tecidos, como inflamações e infecções.

As atividades envolvem a implantação de suporte dos dentes, como ossos, ligamento e cemento — tecido que recobre a superfície da raiz do dente. Algumas das doenças bucais tratadas pelo periodontista são:

  • gengivite;
  • periodontite;
  • placa bacteriana.

Radiologia odontológica e imaginologia

Essa é outra área interessante a ser seguida por dentistas. Nela, você aprende a avaliar, com profundidade, as estruturas, sistemas e órgãos recorrendo a imagens — as chamadas radiografias.

Isso quer dizer que o odontologista pode utilizar intervenções intra e extrabucais a fim de obter uma concepção real do que ocorre com a dentição e com outras as outras condições da boca.

Como existem vários tipos de exame de imagem, esse profissional aprende a diferenciar todos eles. Além de ser necessário buscar atualizações constantes, bem como acompanhar as novidades do segmento. Isso porque os softwares de radiologia e imaginologia são usados junto com os exames, a fim de emitir laudos sobre as imagens captadas e dar diagnósticos para definir os tratamentos necessários.

Somente com esse suporte tecnológico é possível avaliar a anatomia bucal para identificar irregularidades e desgastes de maneira acertada.

Odontologia estética

Essa área está cada vez mais popular, pois cuida da estética dos dentes e do sorriso. Ela é alvo de pessoas que buscam por uma aparência mais apresentável perante a sociedade.

As atuações dessa área são: aplicação de resina botulínica (botox), clareamentos dentais, restaurações, gengivoplastia (plástica nas gengivas), bichectomia (plástica nas bochechas) etc.

O desenvolvimento de novas técnicas e tecnologias evoluem essa área constantemente. Por isso, é importante acompanhar as tendências mais promissoras. Uma coisa é certa: será cada vez mais comum desenvolver procedimentos para deixar os dentes mais bonitos.

Mais do que melhorar a estética do sorriso, essa área também promove o bem-estar, pois cuida do alinhamento do rosto e dos lábios, a fim de elevar a autoestima dos pacientes.

Implantodontia

Perder dentes causa uma sensação de incômodo muito grande, já que compromete a mastigação. Para sanar esse problema, utilizar implantes é o caminho mais comum — porém não é uma intervenção tão simples como alguns pensam.

A implantodontia é um dos campos de atuação do cirurgião dentista que é responsável por realizar esse procedimento, desempenhando todas as etapas — desde a fase cirúrgica até a fixação das próteses dentárias.

Durante o curso, é possível aprender sobre implantes imediatos, enxertos ósseos e como suspender o seio maxilar. Ademais, esse profissional também consegue avaliar e indicar as melhores soluções protéticas para cada situação.

Cirurgia e traumatologia

A cirurgia e traumatologia na ortodontia dá ao dentista a capacidade de realizar cirurgias em ambiente hospitalar. A grade curricular dessa especialização varia, mas pode durar entre quatro e oito semestres de estudo exclusivo.

Esse profissional trata diversos problemas, como crescimento crânio-facial irregular, deformação facial, traumatismos faciais e outras disfunções relacionadas aos ossos que compõem a face. Em ambiente ambulatorial, são feitas intervenções cirúrgicas simples, como a extração de cistos, dentes, tumores benignos e tratamento de pequenas lesões.

Além disso, essa área oferece diversas oportunidades, como o tratamento de apneia do sono e de dores nas articulações do maxilar. É uma boa opção para quem deseja se especializar em cirurgias mais extensas e complexas que as feitas por cirurgiões gerais.

E então, o que achou dos campos de atuação do cirurgião dentista que foram mencionados acima? Está tentado a fazer algumas dessas especializações? Faça um levantamento daquelas que você tem mais afinidade e pesquise a demanda de pacientes antes de investir na expansão da sua carreira odontológica.

Se você gostou deste conteúdo e deseja ficar por dentro de novidades sobre materiais odontológicos e saúde bucal, siga nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn e no YouTube!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Johnny Santana

Johnny Santana

Diretor Comercial Yller Biomateriais
postagens recentes

Deixe uma resposta

×