Planejamento digital do sorriso: tudo o que você precisa saber!
Alcance maior satisfação dos seus pacientes elevando a qualidade dos seus atendimentos. Veja como o planejamento digital do sorriso pode valorizar ainda mais o seu trabalho.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A tecnologia tem contribuído significativamente com os avanços na área de odontologia. Com os recursos já disponíveis, e outros que surgem, é possível realizar procedimentos mais modernos, como o planejamento digital do sorriso.

Essa técnica, chamada de DSD (Digital Smile Design) tem o objetivo de trazer vantagens, tanto para o profissional como para seu paciente. São aplicados métodos diferentes da odontologia convencional, já que são utilizados equipamentos, como o computador e o scanner.

Você já oferece essa opção para os seus pacientes? Ela é uma excelente alternativa para melhorar a qualidade dos atendimentos. Pensando nisso, preparamos este artigo para explicar melhor o que é o planejamento digital do sorriso.

Continue lendo para conhecer essa técnica, a sua importância, indicações, como aplicar no consultório, entre outras informações.

O que é o planejamento Digital Smile Design (DSD)?

O Digital Smile Design, ou planejamento digital do sorriso, é uma técnica criada pelo Dr. Christian Coachman, um dos dentistas mais renomados em todo o mundo. Esse profissional é uma grande referência em próteses, tratamentos e procedimentos que promovem a transformação do sorriso, com o diferencial de ter a participação ativa dos pacientes.

O método DSD consiste em utilizar recursos tecnológicos e equipamentos modernos para:

  • obter dados e informações;
  • conhecer a anatomia e características do paciente;
  • analisar detalhes;
  • identificar problemas;
  • planejar o sorriso ideal para cada face;
  • definir os melhores procedimentos para alcançar os resultados pretendidos.

Ou seja, o profissional conta com recursos modernos que oferecem um maior suporte para aplicação dos seus conhecimentos. Assim ele pode estudar melhor cada caso, alcançar um diagnóstico mais preciso e definir quais são as intervenções necessárias para que uma pessoa possa transformar o seu sorriso de acordo com o que ela deseja ou precisa.

Por que o planejamento digital do sorriso é importante?

Todas as pessoas são diferentes entre si no que se refere aos seus traços fisionômicos, estilo de vida e preferências pessoais. É por isso que suas necessidades são distintas e isso também se reflete na questão do sorriso.

Apesar de todos os seres humanos terem os mesmos grupos de dentes, eles são diferentes para cada um, sendo que têm o seu formato específico, tamanho, tonalidade, entre outras singularidades. São essas características que fazem com que o sorriso das pessoas seja diferente.

Mas além do aspecto dos dentes também há que se considerar outros fatores, como é o caso dos traços fisionômicos, o formato da face, a estrutura óssea, os lábios, a dinâmica facial, a tonalidade da pele, entre muitos outros.

Sendo assim, na realização de tratamentos odontológicos é necessário considerar todas essas questões para personalizar ao máximo possível os procedimentos. Afinal, é preciso respeitar as características de cada indivíduo a fim de alcançar resultados mais naturais, que possibilitem melhorias estéticas e funcionais.

Por essa razão, o planejamento digital do sorriso é tão importante. Por meio dele conseguimos estudar detalhadamente a anatomia de cada paciente, correlacionando essas informações com as suas necessidades estéticas e funcionais.

Dessa forma, é possível definir qual sorriso ficaria adequado para uma determinada face. Afinal, há casos, por exemplo, em que os dentes são pequenos demais para uma pessoa adulta, havendo necessidade de realizar intervenções que proporcionem mais harmonia e simetria para a arcada dentária.

Os tratamentos não podem ser generalizados porque os dentes que ficam bem para uma pessoa não harmonizam com a face da outra. Sendo assim, é preciso fazer esse estudo prévio e depois desenhar o sorriso em meio digital, com base nos dados e informações coletados anteriormente para então definir qual seria o formato ideal de sorriso de cada um.

Assim, os dentes terão tamanho ideal, haverá harmonia das gengivas, a tonalidade será específica para cada pessoa — ao sorrir, falar e mastigar toda a dinâmica facial também estará em harmonia. Assim, a pessoa terá maior conforto, haverá a valorização da sua aparência, mais confiança e elevação da autoestima.

Então, os ganhos abrangerão tanto o aspecto estético como também funcional do paciente. O profissional consegue prestar um atendimento mais completo e com maior qualidade, preservando a saúde bucal e orgânica da pessoa. Por isso o DSD é tão importante na hora de fazer intervenções para corrigir a aparência dos dentes.

Como funciona essa técnica?

A técnica de planejamento digital do sorriso não é complicada e o profissional ainda tem a vantagem de contar com recursos tecnológicos a seu favor. Ela é composta por etapas sucessivas que se complementam, possibilitando chegar ao resultado esperado. Veja quais são elas a seguir.

Obtenção de material

A primeira etapa do planejamento digital do sorriso consiste na reunião de dados e informações que serão a base para o trabalho do dentista. Eles são obtidos por meio de fotografias, imagens, exames e vídeos, conforme necessário.

Esse material é reunido com auxílio de equipamentos diversos, como o scanner intraoral. Ele captura imagens internas da boca do paciente em diversos ângulos, possibilitando conhecer detalhadamente a sua anatomia.

Além disso, também são feitas fotografias da face do paciente em diferentes ângulos e perfis. Assim é possível conhecer os seus traços fisionômicos e outras características físicas que são importantes para planejar a aparência do sorriso.

Podem ser gravados vídeos para conhecer a dinâmica facial enquanto a pessoa fala, sorri ou mastiga. Assim, o profissional pode analisar os movimentos, as angulações e a forma como os dentes são expostos durante essas ações.

Já no caso dos exames, eles são solicitados quando há necessidade de observar as estruturas internas da face para realização dos tratamentos e intervenções. Esse é o caso de quem precisa colocar implante, por exemplo.

Análise das características do paciente

Todo esse material que foi reunido é estudado pelo profissional para que ele possa analisar as características do paciente. Como dito, não somente a aparência é levada em consideração, mas também a dinâmica da face de cada pessoa.

Com o auxílio do computador, dados e imagens podem ser cruzados e comparados, possibilitando visualizar diversos ângulos e perfis. Assim, o profissional pode estudar tanto a estética quanto a funcionalidade das arcadas dentárias e dos ossos faciais.

Afinal, nem sempre as intervenções se limitam aos dentes, mas também pode haver necessidade de trabalhar os ossos da face. Lembrando que tudo isso é sempre estudado com muita cautela, porque é preciso identificar o que poderá trazer prejuízos para a saúde do paciente, considerando-se, então, funcionalidade e estética simultaneamente.

Quando na colocação de implantes, por exemplo, os materiais reunidos ajudam a identificar qual deve ser o aspecto do dente e a angulação ideal para aquela face. Nesse caso, considera-se os demais dentes e também estruturas internas, para que não haja lesões em outros tecidos durante o procedimento, aumentando a segurança e melhorando os resultados.

Construção do sorriso ideal

Depois de fazer todos esses estudos e considerações, o dentista, então, faz de fato o planejamento digital do sorriso. Trata-se de um projeto elaborado com o auxílio do computador e softwares específicos, que permitem desenhar as arcadas dentárias em meio digital.

Esse software trabalha em cima das imagens da pessoa, possibilitando modificar a aparência dos dentes e outras estruturas bucais. Ou seja, é nessa fase que o profissional analisará qual será o tamanho dos dentes, o seu formato, a angulação em relação aos lábios e a face, sua cor, o formato das gengivas, entre outros detalhes.

Também são considerados fatores como a idade do paciente, seu estilo de vida e as preferências pessoais. E aqui temos o diferencial de que a pessoa pode participar de forma ativa desse planejamento, dando a sua opinião e aprovando ou não o projeto desenvolvido pelo dentista.

Existe um trabalho em conjunto do profissional com seu paciente e, assim, o primeiro pode alcançar maior satisfação do segundo, já que ele conhecerá antecipadamente a aparência do seu novo sorriso. Não há surpresas, porque tudo é definido de antemão e o paciente saberá como será o resultado final do tratamento.

Definição do tratamento

Depois de definido qual será o sorriso ideal para o paciente, o profissional identificará quais serão os tratamentos e procedimentos necessários para chegar a esse resultado. Essa é uma etapa muito personalizada, porque considera as necessidades de cada pessoa de forma individualizada.

Algumas possibilidades para alcançar as melhorias funcionais e estéticas são:

  • colocação de implantes;
  • restaurações;
  • próteses;
  • blocos ou coroas;
  • facetas;
  • lentes de contato dental;
  • tratamentos ortodônticos;
  • cirurgias gengivais;
  • extrações.

Conhecendo detalhadamente as necessidades e características do paciente fica mais fácil para o profissional definir quais são as técnicas ideais em cada caso. Para alguns, apenas um tratamento é suficiente para alcançar o que se precisa. Para outros, são necessárias mais técnicas para corrigir a ou alterar fatores, até chegar ao sorriso ideal.

De toda forma, como o paciente participa ativamente do planejamento digital do sorriso, ele compreenderá o que será alcançado com cada intervenção, entendendo a necessidade de todas elas e os benefícios que trarão. Isso melhora a aceitação do tratamento e possibilita ter mais cooperação do paciente.

Quais são as indicações do DSD?

O planejamento digital do sorriso é uma técnica indicada para os mais diferentes problemas e necessidades dos pacientes. Ela contribui tanto para identificar a melhor aparência dos dentes como também promover melhor funcionalidade para as arcadas dentárias.

No caso da estética, problemas, como assimetria, desarmonia, desalinhamento, tonalidades diferentes, formato da gengiva, falta de dentes, entre outros, prejudicam a aparência do sorriso, sendo necessário realizar tratamentos que modificarão esses fatores.

Mas, como dito, é considerado tanto o aspecto natural dos dentes como também os demais traços e aspectos físicos do paciente. Desse modo, o novo sorriso é planejado para estar de acordo com o perfil da pessoa para melhorar a sua aparência de um modo geral.

No caso de problemas funcionais, como dentes perdidos, desalinhamentos dentários, apinhamento, dentes pequenos ou grandes demais, problemas na mordida e falta ou excesso de espaço nas arcadas dentárias, não só afetam a imagem como também podem trazer complicações para a saúde bucal.

Assim, durante o estudo do caso o profissional considerará tanto a expectativa do paciente com relação à aparência dos seus dentes, como também aquilo que é mais adequado para garantir a funcionalidade e dinâmica ideais das arcadas dentárias e ossos faciais.

Dessa forma, o planejamento digital do sorriso contribui para evitar a sobrecarga nas estruturas faciais e bucais, bem como problemas recorrentes no consultório odontológico, como cáries, tártaro, gengivite, periodontite, entre outros.

Sendo assim, o DSD é indicado tanto para pequenas intervenções, como um clareamento dental ou a colocação de lente de contato, até procedimentos mais complexos, como as cirurgias buco-maxilares.

Quais são as vantagens do planejamento digital do sorriso?

A possibilidade de planejar o sorriso em meio digital antes de realizar as intervenções e tratamentos de fato possibilita alcançar vantagens e benefícios, tanto para o profissional quanto para seu paciente.

A seguir listamos alguns deles para que você compreenda de que forma essa técnica contribui positivamente para elevar a qualidade dos tratamentos odontológicos. Acompanhe.

Diagnóstico mais preciso

Como você viu, cada caso é estudado detalhadamente e em suas menores minúcias para que o profissional possa conhecer todas as características do seu paciente e os problemas que ele apresenta. Assim, ele obtém diagnósticos mais precisos sem deixar passar nenhum fator.

Definição do melhor tratamento

Por saber exatamente aquilo que o seu paciente precisa e deseja, o profissional também consegue definir quais são as intervenções mais adequadas para alcançar os resultados pretendidos. Desse modo, as chances de erro são muito menores e eleva-se a qualidade do tratamento.

Previsibilidade de resultados

As intervenções apenas são realizadas depois de definir como será a aparência final do sorriso. Sendo assim, tanto o profissional como seu paciente saberão como será o resultado, o que aumenta a previsibilidade, eliminando surpresas que possam causar insatisfação.

Atendimento mais humanizado

Para fazer o planejamento digital do sorriso o profissional também escuta o que o paciente tem a dizer e considera as suas preferências e opiniões. Isso promove um atendimento mais humanizado, porque a pessoa recebe atenção às suas dores, queixas e problemas.

Detalhamento das características do paciente

É possível realizar intervenções estéticas e funcionais no sorriso de uma pessoa sem o planejamento digital. No entanto, seus recursos modernos permitem detalhar as características do paciente, e o profissional tem um suporte maior na obtenção de diagnósticos e na tomada de decisões.

Material com mais qualidade

O material coletado com os equipamentos utilizados no DSD tem uma qualidade muito maior do que aqueles obtidos por recursos convencionais. O scanner intraoral, por exemplo, registra detalhes e sutilezas, como a textura dos dentes e tecidos. Assim, os resultados finais têm uma qualidade superior, pois respeitam essas características.

Rapidez no tratamento

Por causa da tecnologia empregada no planejamento digital do sorriso, os tratamentos têm o seu tempo reduzido, já que as etapas são otimizadas. O trabalho do profissional é facilitado e ele consegue tomar as suas decisões com maior precisão. Assim, não há dúvidas sobre o que é necessário para cada pessoa.

Maior produtividade do profissional

O profissional também consegue ter uma produtividade muito maior quando tem o suporte de tecnologias e equipamentos modernos. Eles possibilitam reunir o material e fazer o estudo de casos de uma forma muito mais prática. Como os tratamentos são rápidos, ele pode atender um maior número de pacientes sem prejudicar a qualidade do atendimento.

Facilidade de comunicação entre especialistas

Há casos em que existe a necessidade de vários profissionais estudarem as condições de um paciente. Além disso, o dentista pode precisar enviar imagens e projetos para laboratórios e, com todo esse material está digitalizado, fica muito mais fácil essa comunicação, minimizando o tempo de espera do paciente e do profissional.

Personalização total do tratamento

Cada paciente é estudado minuciosamente, observando-se todas as suas necessidades, assim, o tratamento realizado é totalmente personalizado. É considerado especificamente o que ele precisa e deseja, e definidas as melhores intervenções para se chegar a esse resultado, alcançando sua satisfação total.

Valorização estética

Como o planejamento digital do sorriso observa diversas características e a dinâmica facial do paciente, a valorização da sua estética é expressiva. O sorriso planejado será específico para harmonizar com sua face, estando de acordo também com a sua personalidade e estilo de vida. É por isso que ele fica totalmente natural.

Mais funcionalidade

Ao considerar os ossos faciais, a angulação ideal, o formato do rosto, os lábios, entre outros aspectos, o DSD também promove maior funcionalidade com os resultados que alcança. Toda a dinâmica facial estará em harmonia, evitando a sobrecarga de qualquer estrutura.

Resultados superiores

Com todos esses benefícios, como não poderia deixar de ser, os resultados finais alcançados com o planejamento digital do sorriso são muito superiores às técnicas que não aplicam esse método. Afinal, são utilizados equipamentos modernos que permitem intervenções muito mais objetivas, elevando expressivamente a qualidade do atendimento.

Maior satisfação e autoestima do paciente

E como não poderia deixar de ser, por proporcionar tantas vantagens, o DSD traz maior satisfação do paciente, elevando a sua autoestima. Afinal, o sorriso que ele terá foi desenhado especificamente para o seu rosto, atendendo exatamente às suas características físicas e funcionais com total naturalidade.

Como fazer o planejamento digital do sorriso?

Para fazer o planejamento digital do sorriso em seu consultório é preciso que ele esteja devidamente equipado com os recursos e maquinários necessários para aplicação dessa técnica. Você precisará fazer a reunião do material — sendo assim, é necessário ter principalmente o scanner intraoral.

Além disso, a câmera para fazer fotografias e vídeos também é um recurso importante. Todas essas imagens deverão ser enviadas para o computador, que precisa ter em sua programação um software que possibilitará criar o projeto com base nelas.

Esse programa permite trabalhar as imagens alterando características, acrescentando traços e formas, bem como cores e texturas. Ele também define a melhor angulação de acordo com a fisionomia do paciente, permitindo fazer o planejamento personalizado.

Outro equipamento interessante é a impressora 3D. Embora ela não seja obrigatória, se você a tiver em seu consultório isso ajudará a agilizar o tratamento, porque você poderá confeccionar moldes e mockups sem precisar de um laboratório de prótese.

Impressão 3D na odontologia

O uso de impressão 3D na odontologia é aplicado, também, na confecção de implantes e alinhadores, entre outras peças, como blocos, coroas e até mesmo facetas. Assim, o profissional tem a oportunidade de realizar todo o procedimento em sua própria clínica.

Lembrando que, se você for fazer a impressão 3D em seu consultório, serão necessários outros produtos, como a resina para impressão 3D, na hora de confeccionar os moldes. Não se esqueça de que é importante contar com um bom fornecedor para elevar a qualidade das suas impressões.

Entretanto, como dito, a impressora, embora facilite o trabalho, não é obrigatória para fazer o planejamento digital do sorriso. Para realizar esse projeto é necessário o equipamento para coleta de imagens, estudo de caso e a projeção dos resultados em meio digital.

Se for esse o caso, será necessário pesquisar entre os diversos laboratórios aquele que melhor atende a sua forma de trabalho. Então, é fundamental fazer uma boa pesquisa para esse tipo de fornecedor, a fim de obter qualidade nas peças confeccionadas.

Afinal, você precisará de um parceiro de confiança, que utilize materiais de alta qualidade e tenha excelentes equipamentos para que as peças sejam fiéis ao projeto que você elaborou em parceria com seu paciente.

Isso porque o projeto digitalizado estará de acordo com as necessidades e características do indivíduo. Sendo assim, quem realizar a impressão dos mockups e das peças finais precisa dar a garantia de que eles estarão de acordo com os dados enviados.

Desse modo, se você tiver a oportunidade de adquirir a impressora para complementar os equipamentos em seu consultório será melhor. Assim, quaisquer modificações que sejam necessárias serão realizadas de uma forma muito mais rápida, reduzindo o tempo de espera do paciente e agilizando o seu trabalho.

O planejamento digital do sorriso é uma excelente técnica para oferecer aos seus pacientes, já que permite alcançar resultados superiores aumentando sua credibilidade no mercado. Você também se beneficia, pois aumenta sua produtividade e centraliza os processos em seu consultório. Então, eleve a qualidade dos seus atendimentos trabalhando com essa inovação da odontologia!

Gostou de conhecer mais detalhes sobre a técnica DSD? Então continue aprendendo formas de melhorar cada vez mais o seu trabalho. Assine a nossa newsletter e receba conteúdos e informações diretamente em seu e-mail!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Johnny Santana

Johnny Santana

Diretor Comercial Yller Biomateriais
postagens recentes
Impressão 3D
Johnny Santana

Dicas YLLER: Como obter sucesso na sua impressão 3D.

Cada vez mais encontramos a tecnologia presente na odontologia e o uso das impressoras 3D é crescente. Portanto, se você tem dúvidas de como realizar todo o processo de impressão 3D corretamente, aqui separamos alguns passos muito importantes para que tudo ocorra com sucesso. Leia!

Confira

Deixe uma resposta

×