Como fazer uma boa prevenção odontológica? Aprenda aqui!
Conheça a importância da prevenção odontológica e saiba quais são os melhores produtos para oferecer aos pacientes.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A recomendação geral é que as consultas de prevenção odontológica sejam feitas a cada 6 meses, que é o tempo médio para a regeneração do cálculo dentário. No entanto, os maus hábitos alimentares — como o consumo excessivo de refrigerantes, cafés, alimentos termogênicos e adoçados, etc. — aliados a um estilo de vida mais estressante têm se refletido na boca dos pacientes. Com isso, há um aumento da incidência de lesões cervicais não cariosas e hipersensibilidade dentinária, especialmente na população mais jovem.

Sem os cuidados preventivos, essas doenças podem evoluir para outras mais sérias, levando à necessidade de canal, tratamento periodontal e até à perda do dente. Por isso, é muito importante orientar os pacientes quanto à periodicidade adequada das consultas de rotina.

Neste artigo vamos falar sobre a importância da prevenção odontológica e como fazê-la. Explicamos, ainda, por que é importante ter bons materiais para fazer esse procedimento, além de dicas para ajudá-lo a escolher os melhores produtos do mercado.

Boa leitura.

Qual é a importância da prevenção odontológica?

A cárie leva de 5 a 8 anos para chegar à etapa de cavitação, quando perfura o dente. Antes disso, há erosão e desgastes diários do esmalte do dente, provocando lesões cervicais não cariosas e hipersensibilidade dentinária. 

O problema de hipersensibilidade atinge 35% da população mundial — 1 a cada 6 pessoas tem dores provocadas pela exposição dos túbulos dentinários, sendo comum em jovens na faixa etária dos 30 anos. Essa característica é sinal de um envelhecimento prematuro dos dentes, que deveria ser observado apenas em pessoas mais idosas, que têm um desgaste natural com o passar dos anos.

Com uma exposição tão precoce a esse problema, a Dra. Luana Serralva alerta para a importância da prevenção odontológica periódica para evitar questões mais graves de saúde bucal. “Caso o paciente não retorne dentro de 6 meses, o envelhecimento precoce ocorre brutalmente durante 1 ano, causando lesões cervicais não cariosas do tipo classe 5. Essas lesões levam à perda dental e à excessiva sensibilidade. O cirurgião dentista é o responsável pelo tratamento, além da prevenção de cárie”, defende a especialista da Yller.

Diagnóstico precoce de outras condições de saúde

Além da saúde bucal, outro aspecto importante da prevenção odontológica é que muitas doenças infecciosas, autoimunes e decorrentes de tumores se manifestam primeiro na boca. Alguns exemplos são: AIDS, diabetes e leucemia, que podem trazer alterações e lesões nas gengivas, na língua e nas bochechas.

Dessa forma, quando há a visita regular ao dentista, é importante que o profissional observe e esteja atento aos sinais de lesões não relacionados apenas à saúde da boca, mas que possam ser indicativos de outras patologias.

Como fazer a prevenção odontológica?

A maioria dos pacientes procura o dentista apenas quando está com dores intensas — o que indica uma doença já instalada e avançada. Para estimular os pacientes a fazerem a prevenção odontológica, a clínica deve investir em um relacionamento mais próximo com eles, fornecendo informações sobre os cuidados com os dentes, mas também facilitando o seu retorno ao consultório. É importante informar aos pacientes que um tratamento de doenças bucais sai bem mais caro que fazer a prevenção odontológica.

A Dra. Luana Serralva explica que a proximidade com o paciente e a dedicação ao retorno traz ótimos resultados, tanto para os pacientes quanto para o dentista. Ela dá dicas de como a gestão de sua clínica faz esse acompanhamento, que resulta em fidelização e uma imagem positiva para a empresa. “Aqui na clínica temos um controle mais rigoroso, deixamos os pacientes com uma consulta pré-marcada. Trabalhamos com o Google Agenda e o Simples Dental. Após o atendimento, agendamos uma nova consulta para 6 meses. O paciente ainda recebe ligações e conteúdos sobre saúde bucal, tratamentos, etc. Esse pré-agendamento evita o esquecimento por parte dos clientes. Temos um bom fluxo de pacientes devido a esse lembrete constante”, conta.

As ações de relacionamento nas redes sociais são outras formas de proximidade com os pacientes, que são convidados a seguir as redes sociais da clínica, onde encontram diariamente conteúdo relevante sobre cuidado em saúde bucal.

Qual é a importância de contar com bons produtos para fazê-la?

Além do relacionamento com os clientes, é muito importante que o dentista tenha, em sua clínica, bons produtos para serem usados na prevenção odontológica. Produtos de qualidade otimizam o atendimento, dando ao dentista maior precisão nos procedimentos. Além disso, o uso de bons produtos ajuda o paciente a perceber melhor a eficácia do tratamento, deixando-o mais satisfeito com os resultados.

Como escolher os produtos adequados para prevenção odontológica?

Ter um fornecedor de confiança e que trabalhe com os produtos mais avançados na área da odontologia é o primeiro passo para ter acesso a materiais adequados. Conhecer as opções e a relação custo-benefício do material a ser utilizado é extremamente importante para oferecer aos pacientes o que há de melhor e garantir a melhor rentabilidade para sua clínica.

Boa parte da prevenção odontológica passa pelos bons hábitos de higiene dos pacientes. Ao dentista cabe indicar a forma correta de escovação e uso do fio dental diariamente. No consultório, a consulta preventiva vai englobar a reabilitação da mordida do paciente, uma vez que muitos dos problemas de desgaste e envelhecimento precoce estão relacionados a fatores emocionais que levam os pacientes a apertarem e rangerem os dentes, desenvolvendo bruxismo e comprometendo a estrutura dentária. Na prevenção odontológica, é necessário que o dentista corrija os efeitos desses excessos de esforço dos dentes.

Na Yller, o dentista encontra os melhores produtos voltados para a reabilitação, usados em casos graves. Listamos abaixo alguns deles.

Silicone de adição de alto desempenho

A yller tem uma família completa de silicones de adição de alto desempenho, para moldagem de todas as situações clínicas. Os materiais de moldagem SCAN permitem a obtenção de moldagens de extrema precisão e estabilidade. São apresentadas em diversas viscosidades, com excelente estabilidade dimensional, cores vivas, proporcionando uma melhor visibilidade, elevada resistência ao rasgamento e alta capacidade de cópia. A linha se apresenta nas viscosidades: Regular, Ligth e Ultra Ligth, do mais viscoso ao mais fluido, permitindo uma moldagem muito precisa.

Além disso, a linha conta com silicones especiais, oferecemos aos dentistas uma gama de produtos com a melhor relação custo-benefício para atender às diferentes necessidades do consultório, trazendo satisfação para o profissional e para seus pacientes em tratamentos complexos e na prevenção odontológica.

Quer conhecer melhor nossos produtos? Entre em contato conosco!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Patrícia Lameirão

Patrícia Lameirão

Analista de Marketing Yller Biomateriais
postagens recentes
Impressão 3D
Johnny Santana

Dicas YLLER: Como obter sucesso na sua impressão 3D.

Cada vez mais encontramos a tecnologia presente na odontologia e o uso das impressoras 3D é crescente. Portanto, se você tem dúvidas de como realizar todo o processo de impressão 3D corretamente, aqui separamos alguns passos muito importantes para que tudo ocorra com sucesso. Leia!

Confira

Deixe uma resposta

×